12. Alegria Interior

23/05/2011 18:44

O que é esta força que me invade?

Uma força que me arrebata e me tira de mim mesmo!

Tudo é festa, os pequenos gestos, os pequenos atos.

O sorriso que se desdobra

O prazer de servir o irmão!

Escutar as vozes interiores de si mesmo e do outro.

Tudo é alegria!

Contemplar cada momento da vida

No olhar passado – caminho percorrido

No agora-presente – caminho construído

No futuro – caminho a ser traçado!

Tudo é graça!

Olhar a simplicidade da pequenina criança que corre

A amizade-partilha do mendigo que parte

E reparte o pão que não tem

Ao seu mendigo-irmão que a ele vem!

Ensinando-nos a lição do amor-comunhão

Tudo é bênção!

O sonho de um feliz encontro com o amigo que amamos

A aliança traduzida no “para sempre”

Recordação divina da história da Salvação

Tudo é maravilha!

O medo vencido

A liberdade presente

O amor no coração

Que vence a dor e a morte!

Tudo é prece!

O silêncio profundo do ser a ouvir a voz de si mesmo

O eterno silêncio do ser que se calou e caminha ao outro desconhecido – o além de si

A nossa limitação e a nossa transcendência

A dor da separação de si mesmo,

Nas perdas do dia-a-dia.

No amor de Deus presente em nossa vida tal como ar que respiramos

No amor que compartilhamos com o irmão.