15. Miserere

28/10/2011 18:55

Misericórdia, Senhor, por eu não ter sido fiel ao seu projeto redentor

Por eu não ter transmitido ao meu irmão e partilhado o amor que o Senhor dispensou a mim.

Perdão, por minhas fraquezas...

Misericórdia por eu não ter respeitado o meu próximo.

Por minha falta de esperança e pelo meu torpe egoísmo

Pela minha incapacidade de lançar aos seus braços, Senhor, e deixar-me ser experimentado por sua pessoa.

Misericórdia pela minha indelicadeza perante a sua magnífica Criação

Por eu não ter aproveitado o dia para fazer o bem

Por ter enganado a mim mesmo e utilizado diversos subterfúgios para não me encontrar comigo mesmo.

Misericórdia por eu não ser o anjo que queria ser

A palavra que anima e abre caminho

A mão do samaritano que levanta e cura

Pela minha falta de sabedoria

Por minha omissão e impaciência em escutar o outro

Pela minha prepotência e arrogância, impedindo de desfrutar da sua onipotência amorosa.

Misericórdia pela minha fraqueza de não conseguir carregar a minha cruz de cada dia e de não ser o Cirineu que ajuda a aliviar o pesado fardo de meu irmão.

Pela minha preguiça em trabalhar pelo seu Reino

Pela calúnia contra o meu irmão, abrindo-lhe feridas

Pelo sorriso que não dei

Pelo pão que não partilhei

Pela chance que perdi de ajudar alguém e dar sentido à vida

Por minha falta de sensibilidade e de caridade...

Aqui estou, Senhor, com o coração transbordando de arrependimento!

Quero lavar o meu ser na água que brota da sua fonte salvadora.

Somente o Senhor é a minha força e proteção e ajuda para reencontrar o meu ser e continuar o meu caminho.

 

Para meditar:

 

Sl 51 (50)