18. Ensinaste-me os caminhos para a vida

19/06/2012 09:12

Ensinaste-me dos caminhos para a vida

encheste-a de alegria, ânimo e sabedoria

Mostraste-me que a vida é um mosaico

Que se constrói a cada dia.

E, em teus caminhos, Senhor, vou construí-lo.

Pois somente eles são retos e chegarei aonde quero.

Teus caminhos são diferentes dos demais.

São exigentes...

Mudar hábitos, ser justo, reto, amar e lançar-se em teu amor e isso basta.

Teus caminhos não estão distantes de nossas possibilidades.

Exige cada vez mais que se torne humano.

Ensinas que posso viver em plenitude

E olhar o mundo com seus desafios,

Com teus olhos, Senhor.

É perceber que a cada dia nos é dada a possibilidade de plenitude.

Ensinaste-me os caminhos para a vida

E convidas a estar sempre em tua presença.

Não é o Deus distante, sim o Deus companheiro.

Não é o Deus escondido, mas o Deus que se revela em cada traço do criado.

E em tudo isso ensina que a vida está ali, na minha frente,

Em minhas mãos.

Ensinaste-me a trilhar os caminhos de Emaús e reconhecê-lo na Escritura e no partir do pão.

De Jerusalém a Galiléia – caminho da ressurreição

O caminho de tua palavra que permanece

E se torna luz para os meus caminhos.