16. Tua Palavra

01/12/2011 18:58

 

Senhor,

Faz tanto tempo que não escrevo um poema...

Poemas são formas de dizer o indizível

Por isso, os escrevo

Não para dizer o indizível

Apenas para recordar de Ti

E recordar-te, é lembrar do indizível

Sinto o coração arder

Talvez por minha ausência de mim mesmo

Mas é coração ardente sob cinzas

E com o fogo do teu Espírito

Acende tua luz em mim

Sinto tua chama

Palavra que me chama

Palavra sem palavra

Silêncio

Teu silêncio é indizível

E fala no meu coração sem palavra

Sem palavra, te escuto

Sem a minha palavra, ouço tua Palavra

Palavra sem palavra

Palavra que me chama

Sinto tua chama.

 

Foto disponível em: http://2.bp.blogspot.com/_m038xlY5fpE/S8tUASQrMTI/AAAAAAAACDg/hJD4sm2I5DE/s1600/homem+meditando.bmp. Acesso em: 01 dez. 2011.